Cuidados com as Lentes de Contato

Cuidados com as Lentes de Contato

Para manter a saúde ocular é preciso usar as lentes de contato corretamente, uma vez que elas sofrem interferências de fatores fisiológicos, como a própria lágrima, e também ambientais, como a poluição. Por essas e outras razões é importante saber como é feita a limpeza e manutenção das lentes, além de respeitar o prazo de validade. Siga essas dicas e mantenha sua visão livre de problemas.

Limpeza das lentes.

As lentes de contato devem ser higienizadas antes e depois do uso. Isso evita que micro-organismos externos entrem em contato com seu olho, prevenindo possíveis infecções. Por isso é necessário também lavar as mãos com água e sabão antes de manusear as lentes.

Após higienizar as mãos, certifique-se que você obstruiu o ralo da pia com a redinha que acompanha o estojo, dessa forma, você evita um possível acidente. Coloque a lente nas mãos, pingue algumas gotas da solução e friccione levemente com os dedos para eliminar resíduos de sua superfície. O mesmo procedimento deve ser repetido antes de colocá-las no estojo.

Outra dica é iniciar a limpeza sempre com a lente da esquerda ou da direita, a fim de prevenir qualquer confusão e troca das lentes. Também é importante nunca reutilizar a solução que ficou no estojo após as lentes serem colocadas nos olhos, sempre usando uma porção nova de solução a cada armazenamento.

Limpeza do estojo.

Os estojo também deve ser higienizado para prevenir infecções por micro-organismos; use a mesma solução das lentes para lavar o estojo, e não água. Permita que o estojo seque no ar em vez de usar qualquer papel ou toalha – uma vez que a chance de contaminação é maior nesses casos. Encha o estojo com a solução e, só então, coloque as lentes. Troque o estojo a cada três meses, pois eles também podem se tornar um meio de contaminação com o tempo.

Use a solução correta.

Antigamente era comum usar soro fisiológico, mas hoje a substância não é recomendada por especialistas porque a chance de infecção é grande. A solução multipropósito cumpre as etapas de limpeza, remoção de proteínas, desinfecção, conservação do estojo e hidratação prolongada das lentes. Cada solução multipropósito tem suas características diferentes, existe solução que além de promover a limpeza removendo proteínas e lipídios, possui desinfecção eficaz contra bactérias e fungos, além de manter as lentes hidratadas de manhã até a noite.

Os agentes para desinfecção se diferem pela eficácia contra os diversos micro-organismos, pelo conforto nos olhos (não arder) e por manter a superfície do olho saudável, preservando as células da córnea. O oftalmologista é que deve indicar qual a melhor solução para cada paciente, dependendo do estilo de vida, tipo e material da lente.

Uso correto da lente de contato.

A lente de contato não deve permanecer nos olhos por mais de 10 ou 12 horas. Isso porque ela pode interferir na lubrificação dos olhos, deixando-os secos e correndo o risco de aderir ao globo ocular, dificultando a remoção. O ideal é retirar as lentes para dormir, para evitar irritações.

Para quem usa maquiagem, é importante colocar as lentes antes de aplicar os produtos e retirá-la antes de aplicar o demaquilante. O contato com outras substâncias ou produtos podem comprometer sua validade. Assim você reduz o risco de deixar as lentes em contato direto com os cosméticos.

A recomendação de retirar as lentes também vale para atividades no mar ou piscina. As lentes podem entrar em contato com micro-organismos presentes na água, além do risco de perdê-las. Entretanto, pessoas com graus altos de miopia ou hipermetropia podem usar as lentes segundo orientação médica – nesse caso, o ideal é usar óculos de proteção.

Com que frequência trocar as lentes?

Cada lente de contato tem um tempo de vida definido por meio de inúmeras pesquisas, e não respeitar esse prazo pode prejudicar a saúde ocular. Existem as lentes de uso diário, aquelas que duram semanas e outras que duram meses dentro da validade se a manutenção for adequada.

É necessário trocar as lentes que estão fora do prazo de validade porque, com o tempo, elas vão sofrendo alterações que mudam sua permeabilidade e curvatura. Isso pode interferir na eficácia das lentes e aumentar o risco de uma infecção. Respeite sua validade e consulte seu especialista para obter um novo par, uma vez que só ele poderá receitar as lentes de contato mais adequadas.

Sem comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.